sexta-feira, novembro 10

Se a Idalina fosse o Dino...


Idalina… um verdadeiro exemplo de vida

Idalina… se tu fosses actriz dos Morangos com Açúcar…
Mas o teu nome não era Dino…
(Alguém ainda se lembra dele?!)
Se fosses…
Talvez a televisão estaria uma tarde inteira a transmitir o teu funeral.
Talvez os espaços de Internet tivessem “entupido” com mensagens.
Talvez se andasse semanas a fio a falar de ti.
Talvez se criassem páginas e páginas de sítios na net sobre ti.
Talvez serias notícia de abertura nos telejornais.
Talvez virias na 1ª página dos diários.
Mas o teu nome não era Dino…
E ainda bem…
Tu não escolheste a tua morte, como ele.
A tua vida foi colhida no meio de mãos assassinas.
Tu não mataste ninguém com a tua irresponsabilidade ao volante.
A tua vida foi querer dar vida melhor aos outros.
Tu não quiseste meter-te com a sorte da vida.
A tua vida sorriu-te com a sorte da felicidade de te dares.
Havia multidões no teu funeral, como no dele.
Havia presença da comunicação social, como no dele.
Não! Não havia celebridades no teu funeral.
Somente dezenas de sacerdotes, missionários e missionárias,
Leigos missionários, teus amigos eternos.
A igreja de Aguiar da Beira não conteve tantos amigos.
Tiveste as capas dos teus colegas de faculdade prostradas à tua passagem.
Ele não…
É que a tua vida e o teu martírio foi e será sempre exemplar.
Continuarão a partir missionários e missionárias,
Porque tu deste sentido às palavras de Jesus:
“Se a semente não morrer na terra, não poderá germinar!”
Obrigado pelo exemplo da tua vida positiva e sem protagonismos.
Esse exemplo de vida vale a pena seguir:
Dar a vida para a felicidade tua e de muitos.
E por isso serás recordada.
Nunca cairás no esquecimento…
Ao contrário de outras “estrelas” já apagadas com o tempo.
P. Filipe Resende

4 Comments:

At 11 novembro, 2006 17:06, Blogger Sofia said...

Um verdadeiro exemplo de uma vida em Deus. Gostei do contraste entre a Idalina e o Dino. Parebéns. Este post tocou-me.

 
At 12 novembro, 2006 14:15, Anonymous Moçambicano said...

Associo-me sentidamente à homenagem a esta Irmã em Cristo. É um exemplo para muitos: leigos(as), religiosos(as), padres ...

Hoje a Lina foi recordada em Viseu, na Missa Dominical celebrada no Seminário das Missões. Espero que o tenha sido em muito mais Missas, por esse Portugal. A Lina é um exemplo do SIM Á VIDA, em todas as suas fases - da concepção até à morte.

 
At 14 novembro, 2006 18:24, Blogger joaquim said...

Mais ainda na comparação feita:
é pena que a juventude que acorreu pressurosamente ao Dino, não o tenha feito com a Idalina bebendo o seu testemunho de vida.
Abraço em Cristo

 
At 19 dezembro, 2006 14:05, Anonymous Anónimo said...

Conheci a lina em Coimbra em muitos momentos da sua caminhada. Fui à missa de mês, dia 6 de Novembro, em aguiar da beira e gostei de ver os pais dela. Estavam constantemente a convidar-nos para voltar, para ir à casa deles comer qualquer coisita...estão a reagir positivamente à separação forçada da filha. Curiosamente, esta "separação" está a criar muitas mais ligações e laços entre os amigos da Lina com a família; está ainda a alargar o horizonte quer aos pais que não sabiam da quantidade de amigos e de irmãos na fé que a Lina tinha quer a todos nós ao verificarmos que a fé é verdade:não estamos sós! Deus está vivo e o seu amor passa por nós para chegar aos outros criando uma unidade indestrutível.
Agradeço à Igreja que vai caminhando, por ventura lentamente,mas sempre caminhando pois tem o olhar fixo nAquele que é Amor. E isto é mais forte que a morte! Bom Natal!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home