segunda-feira, outubro 16

Jornada Mundial para a Eliminação da Pobreza

O dia 17 de Outubro marca o dia Mundial para a Eliminação da Pobreza. Um grande impulsinador destas Jornadas é o P. Joseph Wresinski (consulta a Revista Audácia, rúbrica "Gente Grande", mês de Outubro). Eis o texto que nos enviam do Secretariado da Lusofonia do Movimento Internacional ATD-Quarto Mundo («Aide à Toute Détresse – Quarto Mundo», Ajuda a toda a desgraça - Quarto Mundo) a motivar a celebração deste dia importante para todos os que defendem os mais pobres.

Amigos

Saúde e paz para todos e todas!
Sabemos que os mais pobres ocupam o vosso coração e a vossa inteligência.
Por isso, queremos dizer-vos que estamos convosco para comemorarmos, como nos é pedido pelas Nações Unidas, a Jornada Mundial para a eliminação da pobreza. É uma maneira de nos sentirmos unidos a vós na realização de uma cidadania que procura restituir aos mais pobres os Direitos Universais e Fundamentais, os direitos de todos para todos.
Para que estas comemorações se tornem mais palpáveis, encontrareis aqui abaixo o texto da Laje inaugurada a 17 de Outubro de 1987 em Paris, no adro das Liberdades e dos Direitos Humanos.
Estas comemorações tornar-nos-ão, certamente, homens e mulheres mais humanos.
Com toda a nossa amizade,

Carlos e Maria de Jesus Rodrigues
Secretariado da Lusofonia do Movimento Internacional ATD Quarto Mundo

17 de Outubro, Jornada Mundial para a Erradicação da Pobreza.
A LAJE EM HONRA DAS VÍTIMAS DA MISÉRIA
ADRO DAS LIBERDADES E DOS DIREITOS HUMANOS
NO TROCADÉRO, PARIS
17 DE OUTUBRO DE 1987
DEFENSORES DOS DIREITOS HUMANOS E DO CIDADÃO
DE TODOS OS PAÍSES
REUNIRAM-SE NESTE ADRO.
RENDERAM HOMENAGEM
Às VÍTIMAS DA FOME, DA IGNORÂNCIA E DA VIOLÊNCIA.
AFIRMARAM A SUA CONVICÇÃO DE QUE A MISÉRIA NÃO É FATAL.
PROCLAMARAM A SUA SOLIDARIEDADE COM OS QUE LUTAM
ATRAVÉS DO MUNDO PARA A DESTRUIR.


“ONDE OS HOMENS ESTÃO CONDENADOS A VIVER NA MISÉRIA,
AÍ OS DIREITOS HUMANOS SÃO VIOLADOS.
UNIR-SE PARA OS FAZER RESPEITAR É UM DEVER SAGRADO.”

Padre Joseph Wresinski


Esta LAJE foi inaugurada no dia 17 de Outubro de 1987, pelo padre Joseph Wresinski, na presença de 100.000 defensores dos Direitos Humanos vindos dos mais diversos países, meios sociais e convicções religiosas.

Uma réplica desta Laje encontra-se na calçada junto ao Arco da rua Augusta, em Lisboa.

Mais informações sobre esta campanha - visita ainda os links abaixo:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home