sábado, julho 8

Famílias angolanas dão testemunho em Valência

Hoje noticiava a Agência Ecclesia o seguinte:
A delegação angolana ao Encontro Mundial das Famílias, que decorre em Valência, é composta por cerca de 80 pessoas e é uma das mais notadas, quer pelos seus trajes coloridos quer pela sua simpatia.
Maria Celeste da Silva refere à RR que “temos muita poligamia, muitas famílias destroçadas, casamentos pouco duradouros e mesmo falta de casamentos. Há mais uniões livres que casamentos cristãos”.
Depois de três décadas de guerra, Angola vive uma paz recente e as famílias enfrentam algumas dificuldades. Uma delas é a violência contra as mulheres, diz a ministra da Família e da Promoção da Mulher.
“A violência é uma questão de pobreza, de subdesenvolvimento. Não é violência armada, mas é violência física, psicológica e a desunião dos lares", lamenta.
Esta foi a minha mesma experiência no Quénia... podem ser pobres mas com um coração alegre e cheio de gratidão pelo muito pouco que têm... podia ser NADA! Aprendi muito e talvez todos tenhamos a aprender algo para a vida... dos mais pobres! Obrigado Angolanos! - Filipe Resende

1 Comments:

At 15 julho, 2006 11:45, Blogger nahar said...

Padre Filipe, só para deixar um abraço. descobri o seu blog por um acaso

Abraço em Cristo

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home