terça-feira, agosto 8

Portugal apoia logistica Israelita na guerra


A RR acaba de noticiar que a base das Lages do arquipelago dos Açores foi usada para a aterragem de um avião Israelita com "material bélico não ofensivo."
A autorização partiu da parte do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Embora António Lobo Antunes, secretário de Estado do referido Ministério, tenha afirmado que o Governo Português não autorizaria novo uso da base das Lages por parte da aviação Israelita, o facto é que Portugal colabora assim neste conflito bélico e fica na história desta guerra. É pena que, mais uma vez, tenhamos que dobrar os joelhos perante os interesses obscuros de uma guerra (mais uma como todas!) estúpida. É pena, Sr. Secretário de Estado...

2 Comments:

At 10 agosto, 2006 10:55, Blogger Dedo Indicador said...

"material bélico não ofensivo?"

tenha o nome que tiver, o Governo Português mais uma vez tem 2 caras.

o apoio logistico para uma guerra que ninguém sabe onde e quando vais parar...

hasta siempre

PAZ

 
At 10 agosto, 2006 22:08, Anonymous Utente isento said...

Rev. Padre,

«Quem não é por mim, é contra mim», disse Jesus.
Transferindo isso mesmo para o tema "guerras menos justas, versus guerras mais injustas"; ou seja, "guerras de quem se defende (ainda que naturalmente com algum exagero ou excesso de zelo), vs. guerras de quem ataca como mera provocação, ganância e maldade" (já para não usar o termo 'terrorismo', embora disso mesmo se trate!), em que ficamos?

Por outras palavras, como distinguir a "guerra justa" (inalienável direito de defesa, por mais doloroso que seja), e a "guerra injusta" (inqualificável, cobarde e traiçoeira acção de ataque, por motivos negativos, malévolos e desumanos, como acontece actualmente nesta hedionda ofensiva (mais uma!) contra Israel e o Povo judeu, por organizações anticristãs e radicalmente anticivilizacionais (como os 'hezbollah', por exemplo)?

Enfim, tal como no caso do Povo eleito do Antigo Testamento, tal como nestes longos e terríveis dois milénios de Civilização ocidental (judaico-cristã), quem mais sofreu, quem mais foi injusta e cruelmente atacado, cobiçado e aniquilado, cobarde e traiçoeiramente?!

Tem dúvidas, meu amigo?
Pois eu não tenho e jamais terei, sobretudo como Cristão e Católico que sou (graças a Deus!), e graças também ao Povo Judeu, mas sobretudo graças a Jesus, Maria e José, e aos Santos Apóstolos (que Deus se dignou fossem da Sua mesma estirpe), enfim, graças à cultura e civilização judia, israelita, a quem todos nós, ocidentais, tanto devemos, muitíssimo mais do que à cultura grega e árabe!...

Sejamos justos e coerentes, assim como gratos e reconhecidos, em vez de tendenciosos e oportunistas, pelo menos!
Em vez de criticarmos o Povo israelita e o seu Governo democrático, devíamos estar, todos nós cristãos e ocidentais, ao lado deles a cem por cento, sobretudo nestas suas horas de maior provação, que eles bem precisam e merecem!...

U.I.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home