sábado, abril 28

Campanha Sensibilização G8

A cooperação para o desenvolvimento continua imprescindível
"Cumpram as vossas promessas!
O que conta é o que chega aos pobres."

Mais de 100 milhões de crianças nos países em desenvolvimento carecem da oportunidade de frequentar uma escola. A cada ano,500.000 mulheres morrem no parto, por falta de atendimento médico adequado. E, só na África, há 4 milhões de pessoas com Sida que não têm acesso aos medicamentos de que necessitam. Nos 50 países mais pobres do mundo a situação ainda é mais dramática: um terço da população adulta não sabe ler nem escrever, uma em três pessoas sofre de desnutrição e a esperança média de vida não vai além dos 52 anos.

A Igreja Católica pronuncia-se claramente contra a pobreza e a injustiça. Em 8 de janeiro, o Papa Bento XVI voltou a assinalar no seu discurso que: "O escândalo da fome, que tende a agravar-se, é inaceitável em um mundo que dispõe de bens, de conhecimentos e de médios para lhe pôr termo." (8 de janeiro de 2007, Discurso do Papa Bento XVI ao Corpo Diplomático para apresentação dos bons votos de Ano Novo). Como cristãos, somos chamados a empenhar-nos para que todos possam viver com dignidade.

Apoie-nos! As organizações católicas do Norte e do Sul interpelam os governos dos países do G8 e os governos de países em desenvolvimento para que cumpram sua responsabilidade na luta eficaz contra a pobreza, a fome e a doença. Para isto pedimos o seu apoio.

ASSINE A PETIÇÃO

Petição aos Governos do Norte e do Sul:
• Os governos dos países ricos prometeram providenciar recursos financeiros suficientes para reduzir a extrema pobreza para metade, até 2015. Esta promessa tem que ser cumprida, incondicionalmente e sem restrição.
• As ajudas ao desenvolvimento devem beneficiar os pobres. Isto é da responsabilidade de todos governos, tanto no Norte como no Sul.
• O mal da corrupção deve ser derrotado, no Norte e no Sul. A Convenção contra a corrupção da ONU deve ser ratificada e, mais importante ainda, implementada por todos os países.
• A globalização deve ser construída de forma socialmente justa e solidária; só assim será capaz de reduzir a pobreza no Sul e no Norte.

Sim, apoio esta petição aos governos no Norte e no Sul e, em especial, ao governo alemão como anfitrião da cimeira do G8 neste ano em Heiligendamm.



Etiquetas: , ,

1 Comments:

At 05 maio, 2007 22:38, Anonymous Maria said...

Parabéns, por se missionário.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home