segunda-feira, fevereiro 5

Com vitória do SIM aumentarão numero de abortos

Uma das grandes preocupações do actual governo é o aborto ilegal. Querem reduzir o número de abortos. Despenalizá-lo para reduzir o número de aborto. Pelo menos é assim que justificam esta campanha e este referendo. Dizem que assim tem acontecido nos países mais civilizados.
Pois bem! Aqui deixo o exemplo dos EUA nesta questão. A informação vem do próprio Dr. Bernard, um médico que efectou mais de 75 mil abortos nos EUA.

Em 1963, cerca de 10 anos antes da aprovação da lei sobre a liberalização do aborto nos EUA, calculava-se que eram efectuados no país cerca de 100 mil abortos ilegais (porque não aprovados na lei).
Em 1973, o ano em que foi aprovada a liberalização do aborto, os abortos legais (já não falando dos ilegais!) cresceram para 750 mil.
Em 1983, 10 anos depois de aprovada a lei, realizaram-se 1 milhão e 500 mil abortos no país.

São estes os números que não podem ser contestados.

Só há uma conclusão:
A LIBERALIZAÇÃO (QUE CHAMAM DESPENALIZAÇÃO!) DO ABORTO AUMENTA EM MUITO O NUMERO DE ABORTOS REALIZADOS.

Se os defensores do SIM também afirmam ser contra o aborto, então porque vão votar uma lei que o promoverá e o fará aumentar? Desculpem... mas não entendo a lógica!

Etiquetas: ,

1 Comments:

At 06 fevereiro, 2007 14:09, Blogger Maria João said...

Não dá mesmo para entender a lógica. Aliás, ela não existe, não é verdade?

Estamos quase no referendo... Ajudai-nos, meu Pai. O SIM parece ir à frente, mas se Tu quiseres, podes mudar isso e fazer com que o Não ganhe.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home