sexta-feira, março 17

A vergonha do Controlo das Armas


As Armas Estão Fora de Controlo

Apesar dos danos que causam, ainda não há uma legislação internacional vinculativa e abrangente que controle a exportação de armas convencionais. O comércio global de armamento que coloca as armas nas mãos de assassinos é um grande negócio. E está fora de controlo!
» O valor das exportações globais (autorizadas) de armas é de 21 biliões de dólares por ano.
»O tráfico de armas ilegais é o terceiro negócio sujo mais lucrativo do mundo, a seguir ao tráfico de droga e ao tráfico de seres humanos.
» Existem 639 milhões de armas de pequeno porte no mundo, uma por cada dez pessoas, produzidas por mais de 1.000 empresas em 98 países diferentes.
» São produzidas todos os anos 8 milhões de armas de pequeno porte.
» São produzidos todos os anos 16 biliões de cartuchos de munição, que representam mais de 2 balas por cada homem, mulher e criança no planeta.
» Quase 60% do total de armas de pequeno porte estão em mãos de civis.
» É estimado que 80 a 90% de todas as armas de pequeno porte ilegais provêm do comércio legal.
O custo humano:
» Em média mais de 500.000 pessoas são mortas por armas convencionais todos os anos: uma pessoa por minuto!
» Na I Guerra Mundial, 14% do total das baixas foram civis. Na II Guerra Mundial este valor subiu para os 67%. Em alguns conflitos actuais este valor é superado.
» Existem 300.000 crianças - soldado envolvidas em conflitos.
» A tortura e o tratamento desumano praticado pelas forças armadas e de segurança foi verificado, como prática corrente, em mais de 70 países, entre 1997 e 2000.
» Mulheres e jovens raparigas foram violadas sob ameaça de armas durante conflitos armados (15.700 no Ruanda e 25.000 na Croácia e na Bósnia).
A proliferação das armas e a sua má utilização destrói vidas e impede os países de se desenvolverem:
» 1/3 dos países do mundo gasta mais na defesa e em equipamento militar do que nos serviços de saúde e de segurança social.
» Uma média de 22 biliões de dólares por ano é gasta em armas pelos países de África, Ásia, Médio Oriente e América Latina. Metade desta quantia poderia permitir que cada rapaz e cada rapariga, dessas regiões, frequentasse o ensino primário.
» A despesa de El Salvador em serviços de saúde para lidar com os efeitos da violência atinge os 4% do seu PIB.
» Quase metade dos países (42%) com maiores gastos na defesa estão entre as últimas posições relativamente ao Desenvolvimento Humano. A Eritreia, por exemplo gasta mais de 20% do seu PIB em equipamento militar.
» Em África as perdas económicas derivadas da guerra ascendem a 15 biliões de dólares por ano.
» Os gastos totais em Defesa do Paquistão representam 1/3 do seu PIB.

O papel do Conselho de Segurança das Nações Unidas:
» Os governos mais poderosos do mundo (que são também os maiores fornecedores de armas a nível mundial), têm uma grande responsabilidade no controlo do comércio mundial de armas.
» Os 5 membros permanentes do Conselho de Segurança (E.U.A, Rússia, China, França e Reino Unido) juntos representam 88% das exportações mundiais de armas convencionais. Estas exportações contribuem, regularmente, para graves abusos de direitos humanos.
» Nos últimos 4 anos os E.U.A, o Reino Unido e a França ganharam mais das exportações de armas para África, Ásia, Médio Oriente e América Latina do que deram em ajuda ao desenvolvimento.
Participa já na campanha "Um milhão de Rostos".

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home