terça-feira, fevereiro 19

Quénia: recomeço das negociações e fim do recolher obrigatório em Nakuru

Recomeçaram esta manhã em Nairobi, à porta fechada, as reuniões de mediação entre os representantes da maioria governamental e oposição. As mesmas tinham sido interrompidas durante o fim de semana. O objectivo dos encontros é encontrar uma solução para a crise pós-eleitoral que paralisa o país e que, desde o dia 27 de Dezembro último, causou, segundo estimativas, cerca de 1000 mortos e 600 mil refugiados e deslocados. O partido da oposição (ODM) de Raila Odinga disse estar "satisfeito" com o andamento das negociações, dizendo, no entanto, que "o processo de estabilização do país não estará completo até que se encontre uma solução à altura."
Entretanto, das regiões mais afectadas pela violência nas passadas semanas, chegam notícias de confrontos esporádicos: duas pessoas morreram ontem à noite no decorrer de confrontos entre grupos de jovens nos arredores da localidade de Molo (Oeste). Num ataque, ocurrido em Sachangwani, outras quatro pessoas terão ficado feridas e cinco casas foram incendiadas.
Por outro lado, a calma parece ter regressado a Nakuru, quarta cidade maior do país e palco de violência entre habitantes Luo e Kikuyu, onde o recolher obrigatório imposto desde há quase duas semanas foi levantado.

Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home